quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Eu sei o que é sofrer por amor

Por favor, não chore
Não se sinta assim
Queria poder te abraçar
Queria estar perto de ti

Não se desespere
Eu estou aqui
As suas lágrimas me fere
Não quero te ver assim

Eu sei o quanto você lutou
Eu posso sentir a sua dor
Eu sei o que é amar com ardor
Eu sei o que é sofrer por amor

Precisa ficar calma
Nada é por acaso
Precisa ouvir o silêncio
E aprender as lições no fracasso

Tentei te dizer
Mas você não quis ouvir
Nunca estará sozinha
Enquanto eu existir

10 comentários:

  1. Olá, Diogo!

    Visualizei seu blogue, casualmente.
    Estive lendo os textos, que tu escreves, prosa e poesia, e eles são o espelho de ti mesmo.
    Tu és ainda um "minino", e portanto, a via é muito linda e embora nem sempre sorria para a gente, dias melhores virão, se Deus quiser.
    Postas, quando te é possível. Eu, também, porque sou Professora e meu tempo não é muito.
    Sou portuguesa, vivo em Lisboa, e gostaria que visitasses meu blog, o que está ativo, agora, de nome, "Luzes e Luares".
    Fiquei impressionada com a lucidez e realismo da tua penúltima postagem. Aqui, é obrigatório estudar, pelo menos doze anos, quer seja rico ou pobre. Lamento o comportamento do teu pai e a separação, entre teu pai e tua mãe, mas tinha de ser assim.

    VAMOS TOCAR A VIDA PAR A FRENTE, querido!

    Em relação a esse poema, se nota que seu "eu-lírico" se coloca ao lado de alguém, que como você já sofreu, por amor. Todo o mundo já sofreu por esse sentimento, mas ele é um pouco como o vento, vai e vem, umas vezes mais forte, outras mais fraco.

    Li tua história de vida, e dizes que sempre foste tímido, diferente dos outros garotos, mas isso passa com a vivência do dia a dia, acredita. Vi poucos comentários por aqui, o que significa que, talvez comentes poucos blogs. Será?
    Te vi tocando guitarra (será que é guitarra) e gostei muito. Tens muita sensibilidade.
    Não tenho Face, por opção. Tenho, apenas, dois blogs, e já me dão bem que fazer.

    Olha, querido, desejo a você um dia cheio de bênçãos.

    Um beijo, bem carinhoso para você.

    PS: olha, querido, não sei se sabes ou não, mas para deixarmos comentário, aqui, é preciso fazer "Verificação de palavra e número", super esquisito esse "negócio", mas se tu queres assim, tudo bem. Já vou na 3ª tentativa e ainda não consegui postar o comentário. Isso se pode alterar, caso desejes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luz,

      Muito obrigado pelo comentário. Fico muito feliz por ter gostado. Também sou Professor. Por isso que não posto com frequência. Vou visitar o seu blog agora mesmo =) Ah e obrigado pelas dicas!!!

      Um forte abraço e desejo muitas bençãos em sua vida.

      Excluir
  2. RETIFICANDO: 4ª linha - VIDA e não via.

    Beijusssssssssssssssss.

    ResponderExcluir
  3. Adorei o poema, de simplicidade e intensidade muito boa. Realmente como a pessoa disse no comentário anterior, tem um erro na 4ª linda - vida e não via.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado. Fico muito feliz por ter gostado. Abraço.

      Excluir
  4. Ola Diogo, boa noite !
    Navegando pelos blogues da vida, estou conhecendo o seu espaço tão interessante e já me torno seguidor. Muito linda a sua poesia. Demonstra um ombro amigo, querendo consolar alguém que está sofrendo por amor. Alias, quem nunca sofreu não é ? Um grande abraço, fique sempre na paz !

    Dan.
    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado. Fico feliz por ter gostado.
      Um forte abraço!

      Excluir
  5. Olá, querido Diogo!

    Tudo bem? Sim, mas com muito trabalho, né?
    Agradeço sua deslocação tal como as gentis palavras, que deixou lá no blogue.
    Que bom que ambos sejamos professores, assim, falamos a "mesma linguagem".
    Fico feliz por o Dan (Daniel André) ter visto teu comentário no meu blog, e ter vindo até cá.

    Postarei, amanhã, DIA MUNDIAL DA POESIA. O Brasil tem seu próprio dia, acho que foi a 15 desse mês, mas mundial é mundial. Gostaria que você, e caso tivesse tempo, postasse, também Fico te aguardando.

    Bom resto de semana e lindo dia, hoje.

    Beijos da Luz, carinhosamente.

    PS: vamos lá se consigo dessa vez, deixar comentário. Os números e palavras, que tenho de digitar são super esquisitas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luz,
      Passando para agradecer pela mensagem e também, pedir desculpas por não responder antes.
      Não vi seu comentário. Desculpas!
      Mas sempre estarei postando novos textos.
      Abraço e fique com Deus.

      Excluir