sábado, 28 de julho de 2012

Um pouco de mim e a minha filosofia de vida

Eu faço tudo com amor, dedicação e busco sempre o melhor. Gosto de ajudar, gosto de ver todos felizes. Uma pena que algumas pessoas não entendem esse meu modo de ser e acabam aproveitando a minha sensibilidade, que às vezes é demais, e me machucam muito.

Alguns dizem que finjo ser outra pessoa, faço-me de "vítima" para ter o que eu quero. Mas não é verdade. Eu sou bobo mesmo, sou sentimental, verdadeiro, sincero e odeio machucar as pessoas. E se machuco, peço desculpas e às vezes até choro. Infelizmente, eu sou assim.

Confiança é à base de tudo. Procuro ser verdadeiro e honesto com todos. E aqueles que não sabem guardar segredo e usam as palavras dos outros para ferir alguém, não são dignos da minha amizade. Desculpas, eu sou muito sincero. Talvez por isso, perdi grandes amigos, por querer sempre o bem das pessoas, sempre falar a verdade, procurando ajudá-las de alguma forma.

Muitos dizem que eu não existo, sou louco, um maluco sonhador. Isso é muito engraçado! Você pode estar pensando, "Poxa, então o Diogo é perfeito" ou "Ele quer ser perfeito e agradar a todos", ou ainda, "Ele é muito esperto e sabe usar as palavras para convencer qualquer um". Nada disso! Não, eu não sou perfeito. Perfeito só Deus. Claro que procuro agradar a todos, mas eu não sou Jesus, aliás, nem ele conseguiu e morreu na cruz. Eu erro muito, erro sempre. Mas procuro aprender com todos os meus erros e tento nunca mais repeti-los. Errar é necessário para aprender. Essa é a lei da vida! Porém alguns aprendem mais rápido que outros. Você continua errando se quiser, pois existem pessoas ao seu lado para te aconselhar. E é justamente aí que está o problema.

Muitas pessoas não aceitam conselhos. São "cabeças duras". Pedem conselhos já sabendo o que vão escutar. Sabemos o caminho certo, porém muitas vezes não seguimos essa estrada. É fantástica a nossa teimosia! Mas a vida é assim mesmo. Não podemos interferir nas escolhas de alguém. O conselho sempre vai existir, mas precisamos mesmo é “quebrar a cara para aprender”. Pois é! O erro é necessário para aprender o que é certo. Portanto, nunca julgue alguém antes de conhecê-lo profundamente. Deixe as pessoas livres, mas sempre tente ajudá-las, mesmo que elas não mereçam e não espere retorno. Faça tudo com amor e não sinta inveja do seu irmão. Se ele conseguiu vencer, você também consegue. Somos capazes. É isso que eu penso, é isso que eu sinto. As pessoas são diferentes, mas o respeito é essencial. Respeitar é diferente de aceitar.

Infelizmente, no mundo em que vivemos somos obrigados a esconder os nossos sentimentos e pensamentos. Muitos não acreditam mais no amor, na amizade verdadeira, na emoção, na beleza da vida. Mas eu ainda acredito e talvez por isso, algumas pessoas não me compreendem.

4 comentários:

  1. Posso simplificar meu comentário dizendo apenas que somos muito parecidos em alguns aspectos...

    minrareverdensm.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado por comentar. Fico feliz em saber que não sou o único que pensa dessa maneira. Às vezes, acho que não sou desse mundo =/ Mas é a vida.

    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então somos dois a achar que não somos desse mundo, Diogo.
      Também estou participando aqui do blog ^^ E adoraria uma nova parceria. Colocarei seu banner no meu blog :D
      Ah, e eu não sou libriana, você é? Eu sou pisciana. Peixes: o mais "mongol" de todos os signos hahaha ;P
      Beijos :*

      Excluir
    2. Sim! Sou libriano ^^ Também já coloquei seu banner na página Blogs Parceiros. Muito obrigado pela parceria. Peixes são legais e românticos.

      Um forte abraço.

      Excluir